(38) 3614-1537 | 3614-1429

Siga nos nas redes sociais    icon face   icon insta

PREFEITO DE MONTALVÂNIA DESTINA RECURSO PARA O HOSPITAL CRISTO REI SE PREPARAR PARA A PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

A medida emergencial tem como objetivo destinar recurso de 100 mil reais à Fundação de Saúde de Montalvânia / Hospital Cristo Rei, parte do dinheiro que seria usado nas comemorações do Aniversário da Cidade (22/4), mas que agora vai servir para que o único hospital do município possa se equipar e se preparar para receber possíveis casos da covid-19.

 

Diante da pandemia do novo coronavírus e da grave situação na Saúde de todos os município do Brasil e do mundo, o prefeito de Montalvânia, o médico José Florisval de Ornelas, o Dr. José, preocupado com o risco iminente da covid-19 chegar ao município e o único hospital da cidade não dispor de recursos para receber possíveis casos de contaminação da doença, editou medida emergencial de socorro à Fundação de Saúde de Montalvânia / Hospital Cristo Rei.

A medida destina recursos no valor de 100 mil reais para que o Hospital possa se equipar para enfrentar a pandemia, adquirindo medicamentos, insumos e equipamentos de proteção individual.

O prefeito encaminhou à Câmara de Vereadores pedido de autorização legislativa em regime de urgência urgentíssima justificando que é notório o que todos estão passando face à pandemia da covid-19, o que tem demandado esforços de todas as esferas do governo atitudes em aparelhar e dar condições aos hospitais para atender à população.

ORIGEM DO RECURSO

A origem do recurso destinado à Fundação de Saúde é de parte do dinheiro que o Executivo possuía para as comemorações do Aniversário da Cidade, que seriam realizadas em 22 de abril, mas foram canceladas devido a pandemia.

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE

Devido o prefeito ser médico, ele tem uma preocupação especial com a Saúde e o único hospital do município, tanto que durante a sua gestão a subvenção mensal destinada à Fundação de Saúde de Montalvânia, entidade privada e sem fins lucrativos e mantenedora do Hospital Cristo Rei, aumentou significativamente de 54 para 69 mil e atualmente é de 74 mil reais, o que equivale a 888 mil por ano.

A FUNDAÇÃO AGRADECE

Para a diretora administrativa da Fundação, Sandra Maria Pimenta Santana, a instituição já estava preocupada, pois, durante a pandemia do Coronavírus, muitas pessoas deverão procurar o hospital ao mesmo tempo, e a instituição não oferece suporte para tal. Mas que agora, com esse recurso, passará a poder ofertar um melhor atendimento à população durante esta crise que atinge o município e todo o mundo.

- Nós estávamos muito preocupados com o funcionamento do hospital com relação a medicação, insumos e principalmente os equipamentos de proteção individual, para enfrentar esta crise. Quando passamos a situação para Dr. José ele imediatamente se mostrou disposto a ajudar a resolver o problema. Agradecemos imensamente a ele por ter tido uma atitude muito responsável com os munícipes e também com os funcionários que estão na linha de frente e precisam de proteção, declara a diretora.

FALTA DE UNIÃO E DE PREOCUPAÇÃO COM O POVO

O Projeto de Lei N º 06/2020, de autoria do Poder Executivo, "que autoriza o município de Montalvânia a efetuar repasse financeiro à Fundação de Saúde de Montalvânia", foi votado nesta quinta-feira (2) e sancionado na sexta-feira (3). Foi aprovado por 8 votos. O presidente da Câmara, Gildenes Justiniano Silva, não tem direito a voto, o vereador Geraldo Flávio de Macedo Soares não participou da reunião por estar de licença médica e o vereador Adaílton Pereira de Souza, o Dadá de Poções, se absteve de votar.

De acordo com o prefeito Dr. José este momento único em que estamos vivendo deve ser de união e as divergências políticas devem ser deixadas de lado e que todos devem dirigir seus pensamentos e preocupações para quem é prioridade, o povo.

- Neste momento precisamos, mais do que nunca, de união, de concentrarmos esforços para conseguir reduzir ao máximo o impacto desta pandemia. O vereador Dadá, abstendo-se de votar, ou seja, “lavando suas mãos” e deixando de ajudar o único hospital da cidade a se preparar para receber vítimas da doença que está assolando o mundo, deu uma demonstração de que não se preocupa com o povo de Montalvânia, indo contra tudo o que prega. Espero que o vereador nunca seja vítima desta doença, mas se infelizmente for e tiver que ir ao hospital, que ele lembre que não ajudou a instituição a oferecer condições para receber pacientes acometidos da covid-19. Queria que este momento não fosse usado com brigas partidárias e desavenças políticas mas, sim, de se unir em benefício da população. Estamos vivendo uma crise inédita em que todos deveriam se unir em benefício de quem mais precisa de apoio: o povo de Montalvânia, encerra Dr. José.

on 07 Abril 2020
Acessos: 74