Utilidade Pública
Links Relacionados

Secretaria de Saúde se une a professores e estudantes num grito por Igualdade



Na manhã dessa sexta-feira (6) a Secretaria Municipal de Saúde, através da Atenção Primária e do NASF – Núcleo de apoio à saúde da família se uniu a professores e estudantes de escolas cadastradas no Programa Saúde na Escola, numa grande movimentação pelas ruas da cidade com culminância no Auditório Juarez Espínola Guedes/Monte Lopino.

 

 

 

O Programa tem como finalidade contribuir para a formação integral dos estudantes, de 6 a 12 anos, da rede pública da educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde.

 

 

 

 

Com o tema “Somos todos iguais” a concentração foi na Praça Platão e logo após, alunos, professores e as equipes da Secretaria de Saúde em passeata, subiram a Avenida Confúcio e contornaram a Praça Cristo Rei, com roupas, cartazes, faixas, músicas e palavras de ordem alusivas a Copa do Mundo e ao tema da campanha, a igualdade.

 

 

 

Da Praça Cristo Rei todos foram para o Monte Lopino, onde aconteceram diversas apresentações das escolas que aderiram ao Programa: Inconfidentes e Guarabira (Estaduais) e São José (Municipal) todas evidenciando a igualdade entre as pessoas e a Copa do Mundo 2014. Um belo espetáculo de respeito às diferenças, socialização, patriotismo e criatividade.

 

 

Todas as escolas receberam troféu de participação. No final das apresentação foi servido um lanche para todos os envolvidos no projeto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O secretário municipal de saúde, Renato Viana, disse que o objetivo maior da Secretaria de Saúde é dar mais qualidade de vida às crianças e adolescentes da cidade.

 

 

 

Aconteceu ainda uma palestra com a assistente social da saúde, Sidnéia Henriques sobre direitos e deveres da criança e do adolescente.

 

 

 

A coordenadora da Atenção Primária, Alex Sandra Fraga, disse que o evento conseguiu atingir seu objetivo que foi de chamar a atenção dos alunos e da sociedade para os problemas de socialização que envolve o respeito às diferenças e que as equipes se envolveram bastante.

 

- A equipe do NASF se envolveu e preparou, durante uma semana, os estudantes para a realização deste evento, através de encontros nas escolas com debates sobre preconceito, bullyng, racismo e discriminação e na confecção de materiais como cartazes, faixas e fantasias que foram usados no evento. Ficamos muito felizes com o resultado! Declara a coordenadora.

 

 

 

Para os profissionais do NASF foi um trabalho extremamente prazeroso, gratificante e que trouxe resultados bastante positivos para os estudantes e a sociedade em geral.

 

 

 

Para o educador físico do NASF Túlio Martins, foram aproveitados momentos importantes da atualidade como a Copa do Mundo e as eleições para chamar a atenção da sociedade para a igualdade social que deve haver entre as pessoas.

 

- Foi muito gratificante ver todos unidos por uma causa justa e bastante atual como é a questão da Igualdade. Foi um momento especial para mim e acredito, que para todos os envolvidos. Só em ver os sorrisos das crianças e jovens, lutando por um mesmo ideal e clamando por um futuro melhor já me deixou muito feliz! Foi muito gratificante para nós como profissionais e como cidadãos, disse Túlio.

 

 

 

Para o estudante Klériston de Jesus, 8 anos, estudante do 3 Ano da Escola Guarabira disse que gostou muito de participar do evento e que aprendeu a respeitar ainda mais os colegas e professores.

 

- Pude me divertir e aprender. Gostei demais de ter participado, encerra o estudante.

 

 

 

 

Conheça o Programa Saúde na Escola

 

 

 

Programa Saúde na Escola foi instituído no âmbito dos Ministérios da Educação e da Saúde pelo Decreto nº 6.286 de 5/12/2007 para consolidar a Política Nacional de Promoção da Saúde através de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde das Equipes de Saúde da Família articuladas com a educação pública.

 

O Programa tem como finalidade contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública da educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde.

 

Objetivos

 

I - promover a saúde e a cultura da paz, reforçando a prevenção de agravos à saúde, bem como fortalecer a relação entre as redes públicas de saúde e de educação;

II - articular as ações do Sistema Único de Saúde - SUS às ações das redes de educação básica pública, de forma a ampliar o alcance e o impacto de suas ações relativas aos estudantes e suas famílias, otimizando a utilização dos espaços, equipamentos e recursos disponíveis;

III - contribuir para a constituição de condições para a formação integral de educandos;

IV - contribuir para a construção de sistema de atenção social,com foco na promoção da cidadania e nos direitos humanos;

V - fortalecer o enfrentamento das vulnerabilidades, no campo da saúde, que possam comprometer o pleno desenvolvimento escolar;

VI - promover a comunicação entre escolas e unidades de saúde, assegurando a troca de informações sobre as condições de saúde dos estudantes e;

VII - fortalecer a participação comunitária nas políticas de educação básica e saúde, nos três níveis de governo.

 

Ações

 

·                     Avaliação das Condições de Saúde;

·                     Promoção da Saúde e Prevenção;

·                     Monitoramento da Avaliação da Saúde dos Estudantes;

·                     Educação permanente e capacitação dos profissionais da educação e da saúde para o Programa Saúde na Escola;

·                     Monitoramento e Avaliação do Programa Saúde na Escola.

 












Comentários



Webmail
Senha:

Enquete
Resultado parcial


Previsão do Tempo




 

Prefeitura de Montalvânia-MG

Todos os direitos reservados

Jornalista Responsável: Fernando Paulo Lima Abreu

RP JP/MG 11.042

 

NJ Gabling Sites